Presidente da Anistia na Turquia recebe liberdade condicional

Istambul, 31 Jan 2018 (AFP) - Um tribunal de Istambul ordenou nesta quarta-feira a liberdade condicional de Taner Kiliç, presidente da Anistia Internacional na Turquia, detido desde junho de 2017, segundo uma jornalista da AFP presente na audiência.

Kiliç é acusado de pertencer ao movimento do pregador Fethullah Gülen, a quem o governo turco considera o cérebro do golpe fracassado de julho de 2016.

O anúncio do tribunal foi recebido com uma salva de aplausos.

Kiliç é um dos 11 ativistas que foram julgados em Istambul por acusações de terrorismo que, segundo a Anistia, são infundadas.

fo-lsb/ezz/sgf/erl/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos