Político dos EUA é criticado por rifar AR-15 após massacre em escola

Chicago, 15 Fev 2018 (AFP) - Um candidato ao Congresso americano no estado do Kansas mantinha seus planos, nesta quinta-feira (15), de dar como prêmio de campanha uma arma do mesmo tipo usado no ataque a uma escola da Flórida em que morreram 17 pessoas.

A campanha do republicano Tyler Tannahill prometeu entregar um rifle semiautomático AR-15 em um sorteio gratuito organizado antes do ataque de quarta-feira.

Tannahill baseia sua campanha na defesa do direito a portar armas e contra o aborto, em um distrito majoritariamente republicano.

"É óbvio que os corações meu e da minha esposa estão com esses indivíduos" afetados pelo ataque a tiros na Flórida, disse Tannahill à AFP.

Mas acrescentou: "Não podemos punir os proprietários de armas legais, responsáveis, por causa de indivíduos que violam a lei".

A campanha de Tannahill gerou reações negativas nas redes sociais.

"Se tem algo de decência, retire a oferta de seu AR-15 do Facebook", disse Matthew Herbert no Twitter.

O ataque de quarta-feira foi o 18º a uma escola desde 1º de janeiro nos Estados Unidos, onde 33.000 pessoas morrem por ano como consequência do uso de armas de fogo.

nov/ska/ja/yow/db/mvv

Facebook

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos