Primeiro caso humano conhecido de gripe aviária H7N4 na China

Pequim, 15 Fev 2018 (AFP) - A China registrou o primeiro caso conhecido no mundo de uma contaminação humana pela gripe aviária H7N4, vírus que foi identificado em uma mulher de 68 anos. Ela se recuperou logo em seguida, indicou uma autoridade sanitária de Hong Kong alertada por Pequim.

A paciente, da província costeira de Jiangsu (leste da China), foi hospitalizada no começo de janeiro, explicou o centro de proteção sanitária de Hong Kong, e indicou que foi advertida pelas autoridades chinesas de saúde e planejamento familiar.

A mulher, que deixou o hospital em 22 de janeiro, esteve em contato com aves antes de ficar doente, mas nenhum de seus familiares mostrou sintomas durante o período de vigilância médica, indicou o centro de Hong Kong em um comunicado.

Segundo a mesma fonte, se trata do primeiro caso relatado no mundo de uma pessoa infectada pelo H7N4, um vírus identificado como de "origem aviária".

A cepa H7N9 da gripe aviária é a mais difundida em humanos e pode provocar no indivíduo graves problemas respiratórios. Na China, mais de 1.560 casos de infecção com H7N9 foram relatados desde o aparecimento do vírus em humanos, em março de 2013.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos