PUBLICIDADE
Topo

Academia militar homenageia adolescente morto em escola nos EUA

20/02/2018 19h28

Washington, 20 Fev 2018 (AFP) - Uma importante academia militar dos Estados Unidos aceitou postumamente a aplicação de um adolescente que foi assassinado durante um ataque a tiros em uma escola da Flórida na semana passada.

Peter Wang, cadete de 15 anos no Corpo de Treinamento de Oficiais da Reserva Juvenil do Exército na escola secundária Marjory Stoneman Douglas, está entre as 17 pessoas assassinadas por um ex-aluno no colégio da Flórida.

Wang sonhava em se formar na academia militar americana de West Point (USMA).

Segundo a imprensa local, ele morreu após ajudar seus colegas a fugirem, assim que o atirador abriu fogo contra estudantes e professores.

"Uma das prioridades da USMA é formar líderes de caráter, comprometidos com os valores do Dever, da Honra e da Pátria", afirmou a academia pelo Twitter.

"As ações de Peter Wang em 14 de fevereiro são um exemplo destes princípios, e a academia honra seus sonhos de se tornar um de seus cadetes enviando-lhe uma carta de aceitação para o curso de 2025".

A academia apontou que raramente oferece honrarias póstumas.