Canadá quer desenvolver minicentrais nucleares, diz governo

Ottawa, 22 Fev 2018 (AFP) - O Canadá quer facilitar o desenvolvimento de "reatores nucleares modulares pequenos", que possam ser implementados de forma autônoma, em minas ou explorações espaciais, por exemplo, anunciou nesta quinta-feira (22) o governo federal.

O governou pediu para a Associação Nuclear de seu país preparar, para antes do outono (do Hemisfério Norte), um rascunho que identifique "as possíveis prioridades e dificuldades do desenvolvimento e do uso de reatores modulares pequenos no Canadá", disse o Ministério de Recursos Naturais em nota.

Isso permitirá "estimular a inovação e estabelecer uma visão de longo prazo" para este setor e "avaliar as características de diferentes tipos de reatores modulares pequenos diante das exigências dos usuários e prioridades canadenses", explicou.

O planejamento ajudará a compreender melhor "a forma como podemos desenvolver e utilizar esta tecnologia emergente", comentou Kim Rudd, ministro-adjunto de Recursos Naturais.

A Associação Nuclear mundial declarou, em novembro passado, que os reatores modulares pequenos de uma potência inferior a 300 megawatts eram vistos com interesse, devido à sua autonomia à economia gerada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos