PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Assistente de Trump se nega a responder sobre Rússia em audiência no Congresso

27/02/2018 20h37

Washington, 27 Fev 2018 (AFP) - Hope Hicks, uma das assistentes mais próximas do presidente Donald Trump, compareceu nesta terça-feira (27) a uma audiência a portas fechadas no Congresso sobre a possível ingerência russa nas eleições, mas se negou a responder muitas perguntas do Comitê de Inteligência.

A diretora de Comunicação da Casa Branca, de 29 anos, se limitou a responder as perguntas aprovadas anteriormente, de acordo com os membros do comitê, assim como fizeram outros conselheiros do círculo de Trump que compareceram, como o ex-chefe de Estratégia da Casa Branca Steve Bannon.

Hicks evitou perguntas sobre seu trabalho e os contatos da Casa Branca com a Rússia depois das eleições presidenciais de 8 de novembro de 2016 e da posse em 20 de janeiro de 2017, segundo o congressista democrata Mike Quigley.

"Estão seguindo as ordens da Casa Branca de não responder certas perguntas", assegurou Quigley aos jornalistas.

O comitê realizou várias audiências sobre a possível interferência russa nas eleições e os vínculos entre a campanha de Trump e Moscou, mas não conseguiu grandes avanços devido à disputa entre os republicanos leais ao presidente e os democratas que pressionam a Casa Branca.

Internacional