EUA lança novo satélite que melhorará previsões meteorológicas

Miami, 2 Mar 2018 (AFP) - Um novo satélite que oferece imagens de tempestades em alta resolução e em grande velocidade, e que poderá salvar vidas por dar previsões mais precisas, foi lançado nesta quinta-feira a partir de uma plataforma da Nasa, informaram as autoridades.

O Satélite Geostacionário Operacional Ambiental-S (GOES-S, sigla em inglês), propriedade da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA), decolou às 17h02 local (19h02 em Brasília) de Cabo Canaveral, na Flórida, montado em um foguete United Lauch Alliance Atlas.

Seu predecessor, o GOES-R, lançado em novembro de 2016, ajudou a melhorar as previsões dos monstruosos furacões (Harvey, Maria e Irma) que atingiram o Atlântico e o Caribe no ano passado, segundo os especialistas.

Se o GOES-R permitiu obter "dados muito mais exatos e de maior qualidade", como afirmou nesta quinta-feira Stephen Volz, diretor de satélites e informação da NOAA, seu sucessor, o GOES-S, melhorará isso, permitindo "fazer evacuações quando tempestades e incêndios florestais ameaçarem a vida humana", acrescentou Volz.

O novo satélite deve ajudar também a melhorar as previsões dos fenômenos meteorológicos no Pacífico e permitir aos especialistas observar as tempestades em alta resolução.

O principal cliente dos dados do GOES-S será o Serviço Meteorológico dos Estados Unidos, mas a informação que transmite será compartilhada com os meteorologistas do mundo todo, afirmou a NOAA.

O GOES-S passará por seis meses de testes, e a previsão é que esteja operativo no final de 2018. Em 2020, está planejado o lançamento do GOES-T, e em 2024, o do GOES-U.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos