Merkel e Trump: Assad deve 'prestar contas' por ataques a Ghuta Oriental

Berlim, 2 Mar 2018 (AFP) - Em conversa por telefone, o presidente americano, Donald Trump, e a chanceler alemã, Angela Merkel, concordaram em que o governo sírio deve "prestar contas" pelos ataques cometidos contra Ghuta Oriental - informou Berlim nesta sexta-feira (2).

Ambos "pediram à Rússia que ponha fim a seu envolvimento no bombardeio de Ghuta Oriental e que convença o regime de [Bashar] al-Assad a terminar sua ofensiva contra as zonas civis", disse a Chancelaria em um comunicado.

O governo de Bashar al-Assad "deve prestar contas" dos ataques em Ghuta Oriental e da crise humanitária no enclave rebelde, ressaltaram ambos no telefonema.

"Ambos concordaram em que o regime sírio e seus aliados russo e iraniano devem aplicar completamente e o quanto antes" uma resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas que reivindica "um cessar-fogo o mais rápido possível na Síria", acrescenta a nota do governo alemão.

bur-fz/jvb/pb/tt

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos