PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Suspeito de ataque no Texas pretendia se explodir no McDonald's

22/03/2018 21h45

Chicago, 23 Mar 2018 (AFP) - O suspeito de uma série de atentados com pacotes-bomba que aterrorizaram o Texas nas últimas semanas deixou uma confissão em vídeo na qual revela que pretendia um ataque suicida contra uma lanchonete do McDonald's, informa nesta quinta-feira a imprensa local.

Mark Conditt, suposto autor dos ataques que deixaram dois mortos e vários feridos, morreu ao detonar uma bomba em seu automóvel na quarta-feira, quando a polícia se preparava para detê-lo.

Segundo o jornal Austin American-Statesman, o jovem se descreve no vídeo como um "psicopata", que foi molestado desde a infância, e que planejava se explodir no McDonald's diante do risco de prisão.

Os investigadores seguem tentando determinar o que motivou os atentados e se há cúmplices, e também saber como Conditt, um jovem desempregado que não concluiu a faculdade, aprendeu a fabricar bombas com certo grau de sofisticação.

Os atentados, que começaram no dia 2 de março, aterrorizaram Austin, uma cidade de quase um milhão de habitantes.

nov/wd/lr

MCDONALD'S

FEDEX

Internacional