PUBLICIDADE
Topo

Pobreza recua para 25,7% entre população argentina

28/03/2018 19h02

Buenos Aires, 28 Mar 2018 (AFP) - A pobreza atingiu 25,7% da população da Argentina no segundo semestre de 2017, um índice inferior aos 28,6% do primeiro semestre, segundo o estatal Instituto de Estatísticas e Censos (Indec).

Dentro da população atingida pela pobreza, a indigência alcançou 4,8% no segundo semestre de 2017, frente a 6,2% do período anterior.

O presidente Mauricio Macri, que empreendeu uma série de reformas econômicas liberais, comemorou a publicação destes dados.

"Esta queda nos deixa felizes, mas sabemos que ainda falta. É uma notícia que nos dá esperança, porque confirma que vamos em um bom caminho", disse em um ato na residência presidencial de Olivos, nas redondezas de Buenos Aires.

A economia argentina cresceu 2,8% em 2017, mas enfrenta um déficit fiscal primário de 3,9% do PIB e uma inflação que atingiu 24,8% no ano passado.