Seis jihadistas e dois militares mortos em tiroteio no Egito

Cairo, 1 Abr 2018 (AFP) - Seis supostos jihadistas e dois militares morreram em operações "antiterroristas" do exército egípcio na semana passada no Sinai, leste do Egito, anunciou neste domingo o porta-voz das Forças Armadas egípcias.

Os seis jihadistas morreram em um tiroteio ao norte do Sinai durante um ataque contra "uma célula terrorista muito perigoso", afirmou o porta-voz Tamer el-Refai.

Um oficial e um soldado morreram no ataque e dois militares ficaram feridos.

O exército egípcio iniciou em 9 de fevereiro uma grande campanha no Sinai contra o braço local do grupo extremista Estado Islâmico (EI).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos