Israel anula acordo com a ONU sobre migrantes africanos

Jerusalém, 3 Abr 2018 (AFP) - O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu anunciou nesta terça-feira a anulação do acordo com a ONU que estabelecia a regularização de milhares de migrantes africanos em Israel e a reinstalação de um número similar em países ocidentais.

"Depois de ouvir diversas observações sobre este acordo, analisei as vantagens e inconvenientes e decidi anular este acordo", afirmou Netanyahu, de acordo com um comunicado.

Na segunda-feira à noite, o governo informou a suspensão da aplicação do acordo, poucas horas depois do anúncio do mesmo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos