Rússia está mais preocupada com 'caso Skripal' do que com preparação para Copa

Moscou, 4 Abr 2018 (AFP) - O presidente do comitê de organização da Copa de 2018, Alexei Sorokin, afirmou nesta quarta-feira que a Rússia está mais preocupada com as consequências do 'caso Skripal', o ex-espião russo envenenado na Inglaterra, do que com possíveis atrasos nos preparativos para o Mundial.

"Nosso principal problema reside mais na geopolítica do que em infraestruturas", afirmou Sorokin ao jornal Kommersant, completando que "não importa qual incidente, que aconteça de maneira natural ou seja criado artificialmente, é utilizado para pressionar a organização da Copa do Mundo".

O ex-espião russo Serguei Skripal foi envenenado, junto com a filha, no dia 4 de março na Inglaterra, com uma substância que as autoridades britânicas suspeitam ser o Novichok, criado há décadas pela União Soviética.

O incidente provocou uma grave crise entre Moscou e as potências ocidentais, resultando na expulsão de mais de 230 diplomatas dos dois lados.

O 'caso Skripal' "não ajuda" nos preparativos para a Copa, que começa em 14 de junho e termina em 15 de julho na Rússia, reconheceu Sorokin. Islândia e Reino Unido anunciaram um boicote diplomático da competição.

Segundo Sorokin, trata-se de uma tentativa de convencer os fãs de futebol a não viajar à Rússia para acompanhar a competição. "Acredito que a intenção é essa, mas que não funciona", declarou, afirmando que "as pessoas estão comprando ingressos como antes, não compram menos".

A Fifa informou que foram vendidos 1,7 milhão de ingressos para a Copa do Mundo-2018 e que 53% dos compradores não residem na Rússia.

O volume de pedidos de ingressos vindos do Reino Unido é atipicamente baixo. Dos 400.000 ingressos vendidos entre 13 de março e 1 de abril, a Inglaterra representa menos de 1% das vendas.

Somente 30.000 torcedores ingleses compraram ingressos para a Copa da Rússia, informou Sorokin, garantindo não esperar mais de 40.000 na competição.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos