Caravana de imigrantes centro-americanos começa a se dissipar no México

Matías Romero, México, 5 Abr 2018 (AFP) - Depois de irritar o presidente Donald Trump, a "Via-Crúcis Migrante" começava a se dispersar, nesta quinta-feira (5), no sul do México, onde os centro-americanos se preparavam para ir por sua própria conta de ônibus e até a pé para o centro do México.

Dos mais de mil migrantes que chegaram desde o fim de semana passado à comunidade Matías Romero, no estado de Oaxaca, restavam apenas algumas centenas, depois que muito tomaram seu caminho à noite e ao longo da madrugada.

Um ônibus partiu por volta das 4h locais (6h em Brasília) para o estado de Puebla, onde os migrantes serão assessorados por advogados para determinar se são candidatos a receber asilo no México, ou nos Estados Unidos.

Às 9h locais (11h, em Brasília), chegou outro ônibus que vendia passagens inclusive para quem quisesse ir sentado no corredor do veículo.

A caravana arrancou em 25 de março de Tapachula, na fronteira com a Guatemala. Os migrantes centro-americanos que a integram receberam do Instituto Nacional de Migração (INM) dois tipos de permissão de estada.

Uma, por 20 dias, foi entregue aos que quisessem deixar o país. Outra, de 30 dias, para aqueles que buscam e são candidatos a iniciar o pedido de refúgio no México, especialmente os que viajam com crianças.

Essa via-crúcis, que tinha como intenção inicial chegar aos Estados Unidos, acontece desde 2010 para dar visibilidade à dramática passagem dos centro-americanos pelo México em seu desejo de chegar à fronteira norte.

Desde o domingo passado, pelo Twitter, Trump ataca o avanço dessa caravana e exige que o México a detenha. Na quarta-feira, o presidente americano assinou uma ordem para enviar a Guarda Nacional para a fronteira sul.

Ontem, os organizadores da caravana anunciaram que desistiam de chegar aos Estados Unidos e que terminariam o trajeto na capital mexicana. Garantiram, porém, que não receberam pressões do INM para dissolver o grupo.

sem-jg/yow/tt

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos