Advogados de Lula negociam sua entrega

Curitiba, 7 Abr 2018 (AFP) - Os advogados de Luiz Inácio Lula da Silva negociavam nesta sexta-feira com a polícia uma saída para a crise gerada com a decisão do ex-presidente de não se entregar às autoridades para cumprir uma pena de 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O deputado Carlos Zarattini, do Partido dos Trabalhadores (PT), admitiu a existência de conversações quase seis horas após o final do prazo para Lula se entregar na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

"Está havendo uma conversa na polícia com os advogados do ex-presidente, e o partido está acompanhando. A ideia é evitar que o juiz decrete a prisão preventiva, o que agravaria a situação. Mas ainda não tem nada concluído", declarou o deputado na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo.

O deputado do PT Zé Geraldo, que está com Lula no Sindicato em São Bernardo, revelou que o ex-presidente passará a noite no local e no sábado assistirá à missa pelo 78º aniversário de sua falecida esposa, Marisa Letícia, às 09H30, no Sindicato.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos