Topo

China pede a UE para atuar juntos contra o protecionismo dos EUA

06/04/2018 10h34

Bruxelas, 6 Abr 2018 (AFP) - A China pediu nesta sexta-feira à União Europeia que atuem juntos contra o protecionismo dos Estados Unidos, em um momento de tensão entre Pequim e a administração Trump em plena guerra comercial.

"A China e a União Europeia têm por responsabilidade fazer respeitar a ordem comercial multilateral baseado em regras. Temos que agir juntos", afirmou o embaixador chinês ante a UE, Zhang Ming, em uma declaração contra o protecionismo americano.

Também criticou as decisões americanas "tipicamente unilaterais e protecionistas, que criam um precedente muito ruim".

"Os Estados Unidos dão as costas às regras reconhecidas internacionalmente", acrescentou, alertando contra "o retorno da lei da selva" no comércio internacional.