Lula se entregou à Polícia Federal para cumprir pena de 12 anos de prisão

São Bernardo do Campo, Brasil, 7 Abr 2018 (AFP) - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se entregou, neste sábado, à Polícia Federal, para começar a cumprir uma pena de mais de 12 anos de prisão por corrupção.

Lula, de 72 anos, saiu andando do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, onde estava desde quinta-feira, para entrar em um veículo da Polícia Federal, que partiu escoltado por outros, segundo imagens aéreas da TV Globo.

O comboio se dirige ao aeroporto de Congonhas; de lá, Lula deverá ser trasladado a Curitiba, a menos de uma hora de voo, onde deve passar sua primeira noite em uma cela de 15 metros quadrados com banheiro privativo.

Pouco antes, dezenas de militantes do Partido dos Trabalhadores (PT) tinham impedido que ele saísse do sindicato, em cenas caóticas.

O anúncio de sua detenção foi recebido com buzinaços em bairros de São Paulo e de outras cidades brasileiras.

Lula anunciou sua intenção de se entregar horas antes, ao final de uma missa realizada em frente à sede sindical, em memória de sua esposa, dona Marisa Letícia, falecida no ano passado.

O ex-presidente foi condenado como beneficiário de um apartamento entregue pela construtora OAS para tirar proveito de contratos na Petrobras.

"Vou cumprir o mandado (...) e cada um de vocês se transformará em um Lula", afirmou o ex-presidente (2003-2010), que proclamou sua inocência. A militância reagiu em coro, gritando "não se entrega!" e "sou Lula!".

"Ele (Moro) mentiu dizendo que (o apartamento) era meu", frisou, e atribuiu sua condenação a uma tentativa de evitar a volta da esquerda ao poder nas eleições de outubro, nas quais é favorito nas pesquisas.

"Eu há muito tempo atrás sonhei que era possível governar esse país, envolvendo milhões de pessoas pobres na economia, nas universidades, criando milhões de empregos", declarou.

"Esse crime eu cometi. Eu cometia esse crime que eles não querem que eu cometa mais. É por conta desse crime que já tem uns 10 processos contra mim. E, se for por esse crime, de colocar pobre na universidade, negro na universidade, pobre comprar carro, pobre andar de avião, se esse é o crime que eu cometi, eu vou continuar sendo criminoso nesse país, porque eu vou fazer muito mais", afirmou, ao lado de várias lideranças de esquerda, entre elas sua herdeira política, a ex-presidente Dilma Rousseff.

Ao final de seu emocionado discurso, o petista foi carregado pela multidão.

- 'Estamos todos presos' -Lula tentou encorajar a militância e seus partidários, cercando-se de jovens candidatos de outros partidos de esquerda e reafirmando um programa de defesa dos direitos sociais e das estatais. O momento ainda parece particularmente difícil para boa parte, porém.

"Com Lula preso, estamos todos presos", disse Adriana Macedo, professora de 54 anos de Campinas, São Paulo.

"Sinto muita tristeza. Este é o fim de uma era de conquistas sociais", desabafou o professor de História Renato Silva, de 30 anos, com os olhos cheios d'água.

Em Curitiba, a polícia decidiu alinhar barreiras de agentes e de veículos para manter separados por cerca de 30 metros partidários e críticos do ex-presidente (2003-2010), quando este chegar à cidade.

À tarde, dezenas de manifestantes antilulistas se reuniram no local.

"Estamos aqui pra mostrar que não queremos mais impunidade. O povo acordou", disse Thais Taques, recepcionista de 33 anos.

"O Lula está dando gargalhada na cara do povo. Foram muitos anos de corrupção. E olha como estão a nossa segurança pública, saúde, educação", acrescentou Taques, que vestia uma camiseta com a imagem do deputado de extrema-direita Jair Bolsonaro.

Lula será alojado em uma cela especial da PF, de 15 metros quadrados, com banheiro privativo.

bur-csc-js/yow/db

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos