Topo

Embaixada russa acusa britânicos de falta de informação em caso Skripal

08/04/2018 12h28

Londres, 8 Abr 2018 (AFP) - A embaixada russa em Londres denunciou neste domingo (8) a falta de informação por parte das autoridades britânicas sobre o envenenamento do ex-espião Serguei Skripal e de sua filha, Yulia, e sobre a morte do exilado russo Nikolai Glushkov.

"Quase um mês se passou da morte do senhor Glushkov e, assim como aconteceu com Seguei e Yulia, os britânicos não divulgaram nenhuma informação", afirmou a embaixada russa em comunicado.

"Levando-se em conta as inúmeras petições", a embaixada considera que a falta de informação é "deliberada".

Segundo a embaixada russa, a recomendação do Ministério britânico das Relações Exteriores era que se dirigissem à Polícia para receber informação. O Ministério também rejeitou o pedido de visto para a sobrinha de Skripal, que queria visitar a família no Reino Unido.