Países do Golfo condenam suposto ataque químico na Síria

Dubai, 9 Abr 2018 (AFP) - Arábia Saudita, Catar, Bahrein e Kuwait condenaram o suposto ataque químico que deixou dezenas de mortos na cidade de Duma, último reduto rebelde em Ghuta Oriental, perto de Damasco.

Através de comunicados em separado, os países do Golfo não acusaram ninguém pelo suposto ataque, que os Estados Unidos e a França atribuíram às forças do presidente sírio Bashar Al Assad.

O suposto bombardeio com gás tóxico atribuído ao governo sírio provocou neste domingo uma onda de críticas internacionais.

Assad e seu aliado russo negaram um ataque com armas químicas no sábado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos