Rússia não encontrou indício de ataque químico na cidade síria de Duma

Moscou, 9 Abr 2018 (AFP) - Os especialistas russos na compareceram à cidade de Duma, onde o regime sírio foi acusado de executar um ataque químico contra os rebeldes, não encontraram "nenhum rastro" de substância química, afirmou o ministro russo das Relações Exteriores, Serguei Lavrov.

"Nossos especialistas militares já compareceram ao local (...) Não encontraram nenhum rastro de cloro ou de qualquer outra substância química utilizada contra os civis", afirmou em uma entrevista coletiva.

O suposto bombardeio com gás tóxico atribuído ao governo sírio provocou neste domingo uma onda de críticas internacionais.

Assad e seu aliado russo negaram um ataque com armas químicas no sábado.

Segundo os Capacetes brancos, um grupo de socorro na zona rebelde, e a ONG médica Syrian American Medical Society (SAMS), o ataque teria deixado 48 mortos, uma informação que ainda não pode ser verificada por fontes independentes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos