Bilionário alemão desaparece nos Alpes

Frankfurt am Main, 11 Abr 2018 (AFP) - O bilionário alemão Karl-Erivan Haub, presidente do grupo varejista alemão Tengelmann, desapareceu enquanto esquiava nos Alpes, anunciou a empresa nesta quarta-feira (11).

"As equipes de buscas na área fazem tudo que podem" para encontrar Haub, de 58 anos, que não voltou de uma excursão de esqui no sábado, contou um porta-voz empresa à AFP.

"Meu irmão é um esquiador de montanha muito experiente, por isso apesar do tempo passado (desde o desaparecimento) não nos damos por vencidos", escreveu Christian Haub, que dirige a empresa com o irmão, em uma carta aos funcionários divulgada pelo jornal Handelsblatt.

"A família colocou recursos ilimitados à disposição das equipes de resgata", explicou ao jornal suíço Blick Adriano Favre, responsável da equipe do vale Aosta, na Itália.

"Mas, nestas condições, são inúteis", disse em referência ao mau tempo no lado italiano dos Alpes.

Haub subiu a uma altura de 3.800 metros no Klein Matterhorn, um pico coberto de geleiras, o mais alto da Europa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos