Israel bombardeia alvos militares do Hamas em Gaza após ataque com bomba

Jerusalém, 11 Abr 2018 (AFP) - O exército israelense anunciou que bombardeou nesta quarta-feira "alvos militares" do Hamas em Gaza, depois de um ataque com bomba contra uma unidade de engenharia situada entre o território palestino e Israel.

Nenhum israelense ficou ferido na explosão. De acordo com a rádio militar israelense, a bomba teria como alvo uma escavadeira que era usada do lado palestino da cerca de segurança que separa os dois territórios.

O exército informou que a bomba foi colocada no local durante as manifestações organizadas pelos palestinos ao longo da fronteira entre a Faixa de Gaza e Israel desde 30 de março.

Após a explosão, "as forças de defesa israelenses bombardearam alguns alvos militares do Hamas", indica o exército em um comunicado, sem revelar detalhes sobre os objetivos ou sua localização.

Israel realiza com frequência disparos de artilharia ou bombardeios aéreos contra alvos do Hamas, o movimento islamita que controla a Faixa Gaza desde 2007.

As manifestações da "marcha do retorno", que devem prosseguir até 15 de maio - dia da "Nakba" ("catástrofe" em árabe), como os palestinos se referem à proclamação do Estado de Israel em 1948 -, exigem o retorno dos refugiados palestinos que foram expulsos ou fugiram de suas terras após a criação do Estado hebreu.

Os protestos provocaram confrontos que terminaram com 31 palestinos mortos desde 30 de março, segundo o ministério da Saúde de Gaza.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos