Lima tem protestos contra e a favor de Maduro

Lima, Peru, 13 Abr 2018 (AFP) - Milhares de manifestantes protestaram nesta quinta-feira, em Lima, contra e a favor do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, cuja presença na Cúpula das Américas foi vetada pelo Peru.

Na Praça San Martín, o protesto contra o líder venezuelano reuniu cerca de três mil pessoas aos gritos de "Abaixo Maduro" e "Maduro ditador".

"Queremos fazer um apelo aos presidentes na Cúpula para que não nos abandonem, para que nos ajudem a devolver a democracia ao nosso país", disse à AFP Alicia Ramones, de 31 anos.

No Campo de Marte, a cerca de 1 km do protesto contra Maduro, ao menos mil pessoas se reuniram durante a tarde para uma passeata, gritando palavras de ordem em defesa dos governos de Venezuela e de Cuba.

"A passeata tem dois objetivos: uma mensagem de unidade em defesa da Venezuela, que é um exemplo da luta contra o imperialismo; e celebrar a morte do Grupo de Lima, cuja única missão era tirar o comandante Maduro", disse à AFP José Carlos Llerena, um dos organizadores do protesto.

O Grupo de Lima, integrado por 14 países latino-americanos e Canadá, foi criado no ano passado para promover uma solução para a crise na Venezuela.

O bloco apoiou a decisão de Lima de excluir Maduro da Cúpula das Américas por falta de garantias para a oposição nas próximas eleições presidenciais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos