Topo

OPAQ divulgará comunicado sobre caso de ex-espião russo envenenado

12/04/2018 06h16

Haia, 12 Abr 2018 (AFP) - A Organização para a Proibição das Armas Químicas (OPAQ) divulgará um comunicado às 11h00 GMT (8h00 de Brasília) sobre a investigação a respeito do envenenamento de um ex-espião russo no Reino Unido, que acusa a Rússia pelo ataque.

A pedido do governo britânico, especialistas da OPAQ realizaram uma investigação independente sobre o suposto ataque com uma substância neurotóxica contra o ex-agente Serguei Skripal e sua filha Yulia, em 4 de março na cidade de Salisbury.

Yulia recebeu alta esta semana e seu pai continua hospitalizado, mas seu estado melhorou nas últimas semanas.

O governo russo nega qualquer envolvimento no atentado que, segundo as autoridades britânicas, foi cometido com um agente nervoso que é fabricado apenas em laboratórios militares russos.

Os aliados ocidentais apoiaram Londres e se uniram às medidas do governo britânico de expulsão de diplomatas russos, às quais Moscou respondeu de maneira recíproca.