Ataques atrasarão o programa sírio de armas químicas por anos, afirma o Pentágono

Washington, Estados Unidos, 14 Abr 2018 (AFP) - Os ataques de mísseis realizados por Estados Unidos, França e Reino Unido contra posições na Síria atrasarão em "anos" o programa sírio de produção de armas químicas, afirmou neste sábado um alto oficial do Pentágono, o general Kenneth McKenzie.

De acordo com o general, as defesas antiaéreas da Rússia na Síria não foram utilizadas e os mísseis sírios de interceptação foram lançados quando os ataques dos três países ocidentais já haviam acabado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos