Topo

Posições russas na Síria não foram atingidas

14/04/2018 01h49

Moscou, Rússia, 14 Abr 2018 (AFP) - O ministério russo das Relações Exteriores informou neste sábado que suas posições na Síria não foram atingidas pelos bombardeios aéreos de Estados Unidos, França e Reino Unido em retaliação a um suposto ataque químico praticado pelo regime de Bashar Al Assad.

"Nenhum míssil de cruzeiro disparado por Estados Unidos e seus aliados entrou nas zonas de responsabilidade das defesas aéreas russas, que protegem instalações em Tartus e Hmeimim", informou o ministério, citado pela agência de notícias RIA Novosti.

As forças russas têm uma base naval em Tartus e uma base aérea em Hmeimim.