Canadá repatriará familiares de diplomatas em Cuba após queixas de saúde

Ottawa, Canadá, 17 Abr 2018 (AFP) - O Canadá decidiu repatriar as famílias de seus diplomatas em Cuba depois de eles terem reclamado, no ano passado, de fortes enxaquecas e outros sintomas pouco habituais, anunciou nesta segunda-feira (16) o governo de Justin Trudeau.

Os Estados Unidos repatriaram em setembro do ano mais da metade dos funcionários de sua embaixada em Havana e seus familiares por mal-estares parecidos.

Em 2017, seis canadenses apresentaram sintomas como "pertubação momentânea, dores de cabeça e dificuldades para se concentrar", informou o ministério das Relações Exteriores canadense em comunicado.

"A causa continua sendo desconhecida, mas poderia obedecer a ações humanas", informou a chancelaria, sem mencionar pistas e avaliando a atual "relação positiva e construtiva com Cuba".

"Em função dessa incerteza (...) os diplomatas canadenses em função em Cuba não estarão acompanhados de suas famílias" e ficarão a disposição "nas próximas semanas" para organizar a repatriação, informou.

Segundo o governo de Trudeau, que "continua investigando" os fatos, nenhum novo sintoma foi declarado desde o outono boreal de 2017. "As famílias dos diplomatas que voltaram ao Canadá continuam sofrendo os sintomas", apontou.

"Em alguns casos, esses sintomas pareceram diminuir de intensidade antes de reaparecer", ressaltou a chancelaria canadense.

O governo do país norte-americano fez "uma avaliação ambiental" de seus locais diplomáticos na capital cubana, com a realização de exames de qualidade do ar e da água. Os resultados obtidos em março não permitiram identificar nenhum fator "que pudesse indicar uma causa" para esses mal-estares, informou Ottawa.

Havana nega formalmente qualquer envolvimento no caso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos