Holanda prende vários suspeitos de preparar ataque contra consulado turco

Haia, 16 Abr 2018 (AFP) - As polícias de Holanda e Bélgica detiveram quatro homens por atividades "ligadas ao terrorismo", especialmente por envolvimento em um plano para atacar o consulado turco em Roterdã, informou nesta segunda-feira a promotoria holandesa.

Dois irmãos, de 29 e 26 anos, foram detidos na localidade de Oudenbosch, no sul da Holanda, e um terceiro, de 37, na vizinha cidade de Roosendaal.

Um quarto suspeito, de 39 anos, foi detido do outro lado da fronteira, em Essen, no norte da Bélgica, segundo a mesma fonte.

A investigação policial "se concentrou na preparação e no treinamento para ato terrorista, assim como na incitação ao terrorismo mediante difusão do jihadismo violento através das redes sociais", explicou a promotoria holandesa.

As prisões ocorreram a partir da interceptação de uma conversa telefônica entre um dos suspeitos e um jihadista holandês condenado e identificado como Jaouad. A. pela imprensa local.

Jaouad A. foi condenado a quatro anos de prisão em novembro passado por preparar um "ataque terrorista", após a polícia revistar seu apartamento em Roterdã e encontrar um fuzil de assalto AK-47, munição e uma grande quantidade de fogos de artifício.

"Um ataque planejado contra o consulado turco é discutido em um fragmento sonoro" de uma conversa telefônica, acrescentou a fonte.

Segundo a TV estatal holandesa NOS, Jaouad A. desistiu do ataque porque muitos turcos são muçulmanos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos