Topo

"Má impressão" de Trump sobre o México é motivada por corrupção, afirma López Obrador

16/04/2018 07h06

México, México, 16 Abr 2018 (AFP) - O candidato de esquerda Andrés Manuel López Obrador, que lidera as pesquisas para a eleição presidencial de julho no México, afirmou no domingo que o presidente americano Donald Trump tem uma "má impressão" do país pela corrupção que enfrentou quando tentou fazer negócios em território mexicano.

"Pelos governos corruptos do México (Trump) teve que sair e (...) por isso ficou esta má impressão sobre nosso país", disse López Obrador durante um comício em Rosarito, Baixa Califórnia, um dos locais em que Trump tentou desenvolver projetos imobiliário.

"O que digo a Donald Trump a partir de Rosarito? Que agora com este movimento, com esta luta, vamos acabar com a corrupção, vamos purificar a vida pública do México... que não insista com a impressão de que os mexicanos são corruptos", completou.

Em fevereiro de 2015, antes de ser candidato à presidência, Trump escreveu no Twitter: "Não façam negócios com o México".

Em outras mensagens na época, Trump acusou um antigo sócio mexicano de dever "muito dinheiro" a ele, após um negócio frustrado que incluiu uma disputa por terrenos na Riviera Maya, no estado de Quintana Roo.

Trump chamou na ocasião o sistema judicial mexicano de "repugnante e lento".

O negócio frustrado de Rosarito envolvia o ambicioso projeto imobiliário "Trump Ocean Resort", que após um início promissor acabou em processos por fraude, afetado principalmente pela grave crise financeira do fim de 2007.

"Tenho vontade de dizer (a Trump) que o povo do México é um povo bom, trabalhador e honesto, que os governantes do México, sim, são corruptos, mas não o povo", disse López.