Nove mil nepaleses perderão estatuto de proteção nos EUA

Washington, 26 Abr 2018 (AFP) -









Nove mil nepaleses que tinham permissão para residir nos Estados Unidos desde o devastador terremoto que sacudiu seu país em abril de 2015 perderão seu estatuto de proteção em junho de 2019, anunciou o governo nesta quinta-feira (26).

O Departamento de Segurança Nacional dos Estados Unidos (DHS, em inglês) informou que a revisão das condições atuais no Nepal mostrou uma melhora e que já não apoiava mais o Estatuto de Proteção Temporária (TPS) outorgado aos nepaleses.

"Desde o terremoto de 2015, as condições no Nepal melhoraram significativamente. Além disso, desde a última revisão das condições do país, em outubro de 2016, o Nepal tem feito progressos substanciais na recuperação pós-terremoto e em reconstrução", declarou o chefe do DHS, Kirstjen Nielsen, em comunicado.

Como consequência, "o Nepal pode agora administrar adequadamente o retorno de seus cidadãos".

Os nepaleses com TPS têm até 24 de junho de 2019 para retornar.

Como parte de suas medidas severas contra a imigração ilegal, o governo do presidente Donald Trump revisou, e em sua maioria cancelou, programas TPS concedidos a cidadãos de diferentes nacionalidades que foram autorizados a permanecer nos Estados Unidos, enquanto seus países de origem se recuperavam de um desastre.

Em janeiro deste ano, o DHS anunciou o fim do TPS para salvadorenhos, estatuto que lhes foi concedido depois dos dois terremotos que devastaram grande parte do país em janeiro e fevereiro de 2001. A última extensão do TPS termina em 9 de setembro de 2019.

Em novembro 2017, 59 mil haitianos que tiveram a chance de ficar nos Estados Unidos após o terremoto de 2010 também foram informados de que em 18 meses teriam que deixar o país.

O TPS também terminará para cidadãos da Nicarágua e do Sudão, enquanto foi prorrogado para os imigrantes do Sudão do Sul até maio de 2019, e para outros países como Honduras, Síria e Iêmen estão sendo estudadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos