Pyongyang afirma que encontro intercoreano abre 'nova era de paz'

Seul, 28 Abr 2018 (AFP) - A cúpula entre o líder norte-coreano, Kim Jong Un, e o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, foi um "encontro histórico" que abriu caminho para uma nova era, afirmou neste sábado a imprensa oficial de Pyongyang.

Foi "um encontro histórico que abriu uma nova era para a reconciliação nacional e para a unidade, a paz e a prosperidade", declarou a agência oficial de notícias KCNA, que publicou o texto completo da Declaração de Panmunjom, firmada por Kim e Moon na sexta-feira.

"Coreia do Sul e Coreia do Norte confirmam o objetivo comum de obter, através de uma 'desnuclearização' total, uma península coreana não nuclear", diz a Declaração de Panmunjom.

O regime norte-coreano afirmou durante anos que jamais renunciaria à arma nuclear, indispensável - segundo ele - para se proteger de uma possível invasão americana. Mas agora Pyongyang parece disposto a negociar a eliminação das armas nucleares em troca de garantias de segurança.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos