Topo

Tailandeses protestam contra construção de casas em montanha sagrada

AFP
Manifestantes protestam na cidade de Chiang Mai, no norte da Tailândia Imagem: AFP

Em Bangcoc

29/04/2018 11h30

Quase mil pessoas se manifestaram neste domingo (29) contra a construção de casas para altos funcionários em bosque próximo a uma montanha sagrada na cidade tailandesa de Chiang Mai. O protesto foi uma das maiores demonstrações de dissidência sob o governo da junta militar.

O descontentamento da opinião pública aumentou desde que imagens aéreas de dezenas de casas oficiais nas encostas verdes do monte Doi Suthep começaram a circular pela internet.

No domingo, manifestantes - em sua maioria vestidos de verde e carregando bandeiras e cartazes - pediram a demolição das casas durante uma marcha por Chiang Mai, a maior cidade no norte montanhoso da Tailândia.

"Cerca de mil pessoas se reuniram [...] desde as 07H30 (21H30 no horário de Brasília) para protestar contra as casas", disse à AFP o representante da polícia Jirasak Sriprasert. A manifestação transcorreu pacificamente.

Os manifestantes afirmam que a montanha, a qual se estende por toda a cidade e onde se encontra um templo famoso por guardar uma suposta relíquia de Buda, é um lugar sagrado e uma zona de preservação ambiental.

Mas as autoridades defendem que o projeto estatal de casas para juízes e outros funcionários do judiciário foi elaborado de forma legal em uma parte do terreno de propriedade governamental, adjacente ao parque natural onde se encontra a montanha.