Atentados suicidas fazem 37 mortos na Nigéria

Ao menos 37 pessoas morreram nesta terça-feira (1º) em dois atentados suicidas contra uma mesquita e um mercado de Mubi, no nordeste da Nigéria, informaram fontes hospitalares e testemunhas.

"Por enquanto recebemos 37 cadáveres e dezenas de feridos dos dois locais onde ocorreram explosões", explicou uma fonte médica

"Levamos dezenas de mortos e feridos para o hospital. A operação de resgate está em andamento", declarou à AFP um voluntário, Habu Saleh.

"Ainda é difícil estabelecer um balanço exato de vítimas porque continuamos operando", acrescentou. "É o caos".

Um suicida se explodiu em uma mesquita às 13h20, pouco antes da oração da trade na cidade de Mubi, a 200 km de Yola, capital do estado de Adamawa.

Um segundo suicida atacou um mercado próximo no momento que os fiéis fugiam da mesquita.

A cidade de Mubi é regularmente visada por ataques do grupo extremista nigeriano Boko Haram, que atua no nordeste da Nigéria.

No final de novembro, ao menos 50 pessoas foram mortas em um ataque similar.

O conflito que atinge o Lago do Chade fez mais de 20.000 mortos e 2,6 milhões de deslocados na Nigéria desde 2009.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos