Estados americanos denunciam o governo para defender normas ambientais

Los Angeles, 2 Mai 2018 (AFP) -

Dezessete estados e a capital federal dos Estados Unidos denunciaram nesta terça-feira o governo de Donald Trump para poder conservar os limites fixados para as emissões poluentes dos automóveis, que a administração federal pretende reduzir à força.

"A Califórnia lidera uma coalizão de 18 estados para denunciar à Agência Federal de Proteção do Meio Ambiente (EPA) a fim de preservar as normas nacionais que regulam as emissões (poluentes) no ar", informou o governador da Califórnia Jerry Brown em comunicado.

O grande estado do oeste, o mais habitado do país, havia denunciado à EPA no final de abril sozinho. Agora se somaram outros 16 estados (Nova York, Connecticut, Delaware, Illinois, Iowa, Maine, Maryland, Massachusetts, Minnesota, Nova Jersey, Oregon, etc) e a capital federal Washington.

"Esta denúncia representa 140 milhões de pessoas (e 43% do mercado automotivo do país) que querem pura e simplesmente veículos mais limpos e mais eficazes", comentou Brown.

"Já basta, não queremos brigar com a administração Trump, mas quando os desafios são tão importantes para a saúde de nossas famílias e para nossa prosperidade, temos a responsabilidade e a necessidade de nos defender", complementou o secretário de Justiça da Califórnia, Xavier Becerra.

"Lutamos para preservar normas votadas em 2012 que só serão efetivas em 2022. Eram um salva-vidas lançado a uma indústria (a automotora) que buscava desesperadamente a estabilidade", disse Mary Nichols, presidente da comissão da qualidade do ar do estado.

Essas normas já foram alcançadas "graças ao bom trabalho" do setor automotivo, mas Scott Pruitt, o muito polêmico diretor da EPA, pretende agora "voltar atrás em nome da desregulação", acrescentou.

Estas normas, chamadas "CAFE" (Corporate Average Fuel Economy), que abarcam o período 2022-2025 e foram fixadas pelo governo de Barack Obama, estabelecem aumentos graduais da autonomia dos veículos até chegar a 4,32 litros de gasolina para cada cem quilômetros em 2025.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos