Abbas é reeleito à frente da OLP

Ramallah, Territórios palestinos, 4 Mai 2018 (AFP) -

O presidente palestino, Mahmud Abbas, foi reeleito nesta sexta-feira (4) à frente da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), ao fim de uma reunião dessa instituição.

Abbas, de 82 anos, "foi proposto e aprovado por unanimidade como presidente do Estado da Palestina", disse à AFP um de seus conselheiros, Nabil Shaath, ao término do encontro do Conselho Nacional Palestino (CNP) aberto na segunda-feira.

Os partidários de Abbas aderem o cargo de presidente da OLP, organização histórica reconhecida internacionalmente como representante dos palestinos dos territórios e da diáspora, ao de presidente do Estado da Palestina.

Mais de 130 membros da ONU reconhecem um Estado da Palestina, assim como o status de Estado observador não membro das Nações Unidas. Israel, Estados Unidos e vários países da União Europeia não o reconhecem.

O CNP elegeu um novo Comitê Executivo, que funciona literalmente como gabinete de Abbas. Foram nomeados 15 membros, em vez de 18, para deixar lugares para o movimento islamista Hamas, rival de Abbas, e para duas siglas menores, as quais, assim como o Hamas, boicotaram o CNP.

Dos 15 membros, nove ingressam pela primeira vez. A reunião do CNP é considerada um meio para consolidar as posições do Abbas. Excluíram-se do conselho potenciais rivais como Yasser Abed Rabbo.

Abbas foi eleito presidente da Autoridade Palestina em 2005 por quatro anos, mas permaneceu no cargo desde então pela falta de eleições, devido às dissensões interpalestinas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos