Ministro do Interior paquistanês se recupera após tentativa de assassinato

Lahore, Paquistão, 7 Mai 2018 (AFP) - O ministro do Interior do Paquistão, Ahsan Iqbal, se recuperava nesta segunda-feira dos ferimentos que sofreu no domingo em uma aparente tentativa de assassinato.

Iqbal, 59 anos, foi atingido por um tiro no domingo à noite no braço direito quando saía de uma reunião pública em sua circunscrição.

O atirador, identificado como Abid e com idade por volta de 20 anos, foi neutralizado quando pretendia atirar pela segunda vez.

Ali Anan Qamar, vice-comandante da polícia no distrito em que o ministro foi ferido, afirmou que o atirador explicou ter cometido o atentado por uma emenda aprovada no ano passado que mudou o texto de juramento dos candidatos às eleições e que os fundamentalistas relacionam com a blasfêmia, um tema muito sensível no Paquistão.

Um pequeno grupo islamita, até agora relativamente desconhecido, Tehreek-i-Labaik, protestou e bloqueou durante três semanas o principal acesso à capital Islamabad.

O grupo obteve a renúncia de um ministro após um acordo negociado com o exército.

Muitos paquistaneses e analistas se preocuparam com o que consideram um precedente perigoso e um sinal de fragilidade do governo.

A condição de Ahsan Iqbal, que foi levado de helicóptero para Lahore, é estável.

"Evolui bem", disse uma fonte médica.

wh-mmg-st/jf/ahe/cac/pc.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos