Moscou profundamente decepcionada com decisão de Trump sobre Irã

Moscou, 8 Mai 2018 (AFP) - A Rússia se declarou nesta terça-feira (8) "profundamente decepcionada" com o anúncio do presidente americano, Donald Trump, de que vai retirar os Estados Unidos do acordo nuclear com o Irã, qualificando a decisão de uma violação à legislação internacional.

Em um comunicado, o ministério das Relações Exteriores russo se disse "profundamente decepcionado com a decisão (...) unilateral de se recusar a implementar os compromissos" do acordo nuclear, acrescentando que com esta decisão, Trump "pisoteia grosseiramente as normas da legislação internacional".

A Rússia está "extremamente inquieta de que os Estados Unidos atuem na contracorrente da opinião da maioria dos países".

Moscou condena a decisão de Trump, que constitui "uma prova a mais da incapacidade de Washington de negociar", avaliando que as críticas dos Estados Unidos às "atividades nucleares totalmente legais" do Irã são "só uma cortina de fumaça para saldar contas" com Teerã.

A Rússia assinou junto com Estados Unidos, França, Alemanha, Grã-Bretanha e China o acordo com o Irã em 2015, apresentado por seus defensores como a melhor forma de evitar que Teerã desenvolva uma arma atômica.

"Não há nenhuma razão para socavar o acordo que provou sua eficácia", destacou a chancelaria russa.

"O Irã respeita estritamente os compromissos, o que confirma regularmente a OIEA" (Organização Internacional de Energia Atômica), segundo a mesma fonte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos