Diretor-geral da OMS vai à RDC para resposta ao ebola

Mbandaka, RD Congo, 12 Mai 2018 (AFP) -

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) deve chegar neste sábado (12) à República Democrática do Congo para apoiar a resposta à epidemia de ebola - indicou a OMS, que se "prepara para o pior dos cenários".

"O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, deve viajar para a RDC neste fim de semana para fazer um balanço da situação", em "apoio das autoridades nacionais", indicou a OMS em um comunicado.

A epidemia afeta a região de Bikoro, na província do Equador, na fronteira com Congo-Brazzaville.

"Até 11 de maio, informou a ocorrência de 34 casos de ebola na zona nas últimas cinco semanas, incluindo dois casos confirmados, 18 mortes prováveis e 14 casos suspeitos", detalhou a OMS.

Em Genebra, na sexta-feira, a OMS considerou "elevado" o risco de propagação da epidemia do ebola na RDC e anunciou que se prepara para "o pior dos cenários".

A RDC enfrenta sua nona epidemia de ebola. A última remonta a 2017. Delimitada rapidamente, deixou quatro mortos, de acordo com números oficiais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos