Ataques na Indonésia foram cometidos por seis membros da mesma família

Surabaia, Indonésia, 13 Mai 2018 (AFP) - Uma família de seis pessoas, incluindo duas meninas pequenas, foi responsável pelos atentados suicidas cometidos neste domingo (13) contra igrejas na Indonésia e que deixaram pelo menos 11 mortos - anunciou a Polícia.

Os ataques foram reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico.

De acordo com o chefe da Polícia Nacional, Tito Karnavian, a família - mãe, pai, dois filhos de 16 e 18 anos e duas garotas de 9 e 12 - estava ligada ao movimento Yamaah Ansharut Daulah, um grupo pró-EI.

str-hp/pb/amu/lch/sg/acc/gm/tt

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos