Pai de Meghan Markle pode não ir ao casamento real

Londres, 14 Mai 2018 (AFP) -

O Palácio de Kensington anunciou, nesta segunda-feira (14) à noite, que Meghan Markle está atravessando "um momento profundamente pessoal" depois que a imprensa informou que o pai da ex-atriz americana pode não ir ao casamento da filha com o príncipe Harry.

De acordo com o site de notícias sobre celebridades TMZ, Thomas Markle não conduzirá sua filha até o altar, no sábado, no Castelo de Windsor (oeste de Londres), como estava previsto, para não envergonhá-la após uma sessão de fotos feita apesar dos pedidos de discrição feitos.

O site acrescenta que Thomas Markle também infartou há alguns dias.

"É um momento profundamente pessoal para a senhora Markle nos dias anteriores ao seu casamento", indicou um porta-voz do Palácio de Kensington, residência oficial do príncipe Harry, em um breve comunicado.

"Ela e o príncipe Harry pedem novamente compreensão e respeito com Markle nesta difícil situação", acrescentou.

Ao ser questionado, o palácio negou esclarecer o sentido das declarações e indicar se o pai de Meghan Markle estará presente ou não no sábado.

As imagens de Thomas Markle, que teriam sido vendidas por 100 mil dólares por todo o mundo, segundo o tabloide Daily Mirror, mostram o pai de Meghan tirando as medidas ou olhando fotos do futuro casal real em um computador.

De acordo com os parentes de Thomas Markle, citados pelo jornal, o homem teria se deixado convencer diante da insistência dos paparazzi e agora se sente "traído" e "idiota".

O episódio levou o Palácio de Kensignton a fazer advertências contra qualquer publicação de fotos roubadas de Thomas Markle e a pedir que respeitem sua vida privada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos