Putin inaugura ponte que liga Rússia e Crimeia

Moscou, 15 Mai 2018 (AFP) - O presidente russo, Vladimir Putin, inaugura nesta terça-feira uma ponte estratégica que liga a Crimeia à Rússia, com o objetivo de reduzir o isolamento da península que Moscou anexou em 2014.

Com 19 quilômetros, a "Ponte da Crimeia" atravessa o estreito de Kertch, entre o mar de Azov e o mar Negro, e une a península de Kertch, na Crimeia, a de Taman, no sul da Rússia.

Vladimir Putin comparecerá ao local para inaugurar a parte rodoviária da ponte, de quatro pistas, que no futuro também incluirá uma parte ferroviária de duas vias,

Moscou atribuiu o contrato da obra, iniciada em fevereiro de 2016, à empresa do bilionário Arkadi Rotenberg, colega de judô do presidente russo.

De acordo com um decreto do governo, a Stroigazmontaj tinha que entregar a ponte até dezembro de 2018, com um cisto máximo de 228,3 bilhões de rublos (2,9 bilhões de euros da época).

Mas, durante uma visita em março, poucos dias antes de sua reeleição, Putin exigiu a conclusão da obra em maio "para que a população aproveitasse durante o verão".

A Crimeia é um destino de férias muito popular entre os russos e os turistas do país representam uma das principais fontes de recursos da península, muito apreciada por suas praias e montanhas próximas ao mar Negro.

Carros e ônibus poderão utilizar a ponte a partir de 16 de maio, segundo o Kremlin. Os trenas apenas no fim de 2019.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos