Batida contra ex-premier da Malásia encontra bolsas repletas de dinheiro

Kuala Lumpur, 18 Mai 2018 (AFP) - A polícia da Malásia encontrou 284 caixas com bolsas de grife, muitas cheias de dinheiro e joias, durante batidas em residências e escritórios do ex-primeiro-ministro Najib Razak, informou a imprensa malaia nesta sexta-feira.

"Nosso pessoal inspecionou as bolsas e encontrou dinheiro de diversas moedas, incluindo ringgit malaios e dólares, além de joias e relógios em 72 bolsas", disse à imprensa Amar Singh, diretor da unidade da polícia que investiga crimes comerciais.

Segundo Amar Singh, entre as bolsas encontradas há diversas das grifes Hermes e Louis Vuitton, entre outras.

Rosmah Mansor, mulher de Najib Razak, é conhecida na Malásia por seus gastos extravagantes, e possui uma vasta coleção de roupas e bolsas de grife, algo que contribuiu para abalar o antigo governo.

Na quinta-feira, a polícia revistou a principal casa e um apartamento de Najib Razak, durante seis horas, como parte de uma investigação por lavagem de dinheiro.

O novo governo, eleito nas legislativas de 10 de maio e dirigido por Mahathir Mohamad, 92 anos, quer recuperar o dinheiro desviado do fundo de desenvolvimento 1MDB, criado por Najib pouco depois de sua chegada ao poder, em 2009.

O escândalo sobre um fundo de 10 bilhões de euros explodiu em 2015 e é investigado em vários países, especialmente em Cingapura, Suíça e Estados Unidos, o que contribuiu muito para a derrota de Najib nas legislativas.

Najib Razak, sobre o qual pesam suspeitas de desvio de 640 milhões de euros, nega qualquer crime.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos