Canadá rechaça que EUA imponha tarifas sobre carros importados

Ottawa, 24 Mai 2018 (AFP) - O Canadá rechaçou, nesta quinta-feira (24), as tarifas que os Estados Unidos consideram aplicar por razões de segurança nacional aos veículos importados.

"É inconcebível que o Canadá possa ser uma ameaça à segurança dos Estados Unidos", disse à AFP Adam Austen, porta-voz da ministra de Relações Exteriores, Chrystia Freeland.

"O Canadá e os Estados Unidos têm a maior parceria econômica e de segurança do mundo", insistiu Austen.

A própria Freeland classificou como "absurda" a ideia americana e indicou que a maioria dos carros montados no Canadá saem de filiais de empresas americanas e são feitos com peças originárias do país.

O governo de Trump quer investigar os carros importados ameaçam a segurança nacional e, neste caso, aplicar tarifas de até 25% a eles, segundo o jornal The Wall Street Journal.

A suposta ameaça à segurança nacional foi invocada por Washington para impor, há alguns meses, tarifas ao aço e ao alumínio que entram em seu país.

amc-jl/gm/ll

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos