PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Íntegra da carta de Trump ao líder norte-coreano, Kim Jong-un

24/05/2018 11h52

Washington, 24 Mai 2018 (AFP) - O presidente americano, Donald Trump, enviou nesta quinta-feira (24) uma carta ao líder norte-coreano, Kim Jong-un, anunciando o cancelamento da cúpula bilateral prevista para acontecer em 12 de junho próximo.

Confira a carta abaixo, na íntegra:

Caro sr. presidente:

Apreciamos enormemente seu tempo, paciência e esforço em relação às nossas recentes negociações e discussões sobre uma cúpula há muito desejada por ambas as partes, a qual estava prevista para acontecer em 12 de junho em Cingapura. Fomos informados de que o encontro foi requisitado pela Coreia do Norte, mas isso é totalmente irrelevante para nós. Esperava poder me reunir com você. Lamentavelmente, com base na tremenda raiva e aberta hostilidade demonstradas em suas declarações mais recentes, eu sinto que é inapropriado, neste momento, ter esse encontro longamente planejado. Que essa carta sirva, então, para confirmar que a cúpula de Cingapura, para o bem de ambas as partes, mas em detrimento do mundo, não vai acontecer. Você se refere a sua capacidade nuclear, mas a nossa (capacidade) é tão grande e potente que rezo a Deus que nunca tenha que utilizá-la.

Senti que um diálogo maravilhoso estava sendo construído entre nós e, em última análise, é apenas esse diálogo que importa. Algum dia, anseio encontrá-lo. Enquanto isso, quero lhe agradecer pela entrega dos reféns, que agora estão em casa com suas famílias. Foi um lindo gesto e muito apreciado.

Se você mudar de ideia em relação a essa importante cúpula, por favor, não hesite em me ligar, ou me escrever. O mundo, e a Coreia do Norte em particular, perdeu uma grande oportunidade para uma paz duradoura e grande riqueza e prosperidade. Essa oportunidade perdida é, realmente, um momento triste na história.

Sinceramente,

Donald J. Trump

Presidente dos Estados Unidos da América.

Internacional