Topo

Explosões registradas perto da sede do Partido Comunista iraquiano

2018-05-25T15:48:00

25/05/2018 15h48

Bagdá, 25 Mai 2018 (AFP) - Duas bombas explodiram nesta sexta-feira (25) perto da sede do Partido Comunista iraquiano (PCI) em Bagdá, informou um porta-voz da "Marcha pela Reforma", aliança do PCI com o populista xiita Moqtada Sadr, que surpreendeu ao vencer as eleições gerais.

Três pessoas ficaram feridas, informou à AFP um oficial de polícia sob a condição de ter a identidade preservada. É a primeira vez que um partido político na capital iraquiana é alvo de um atentado desde o início da campanha eleitoral, em meados de abril.

É a primeira vez que um partido político da capital iraquiana é alvo de um atentado desde a campanha eleitoral de meados de abril.

"Duas bombas foram lançadas contra a sede do PCI", situada na praça de Al-Andalus, no centro de Bagdá, afirmou à AFP o porta-voz Khassem al Hilfi, membro do escritório político do PCI.

O porta-voz responsabilizou pelo ataque "os corrompidos que não suportaram ter perdido" as legislativas de 12 de maio.

Estas duas bombas "são uma mensagem para nos assustar e nos impedir de seguir pelo caminho da reforma e da mudança", afirmou o porta-voz.

Com um programa anticorrupção, a "Marcha pela Reforma" obteve 54 assentos no Parlamento em 12 de maio passado.

A chapa governamental do premiê Haider el Abadi, apoiada pela comunidade internacional, ficou em terceiro lugar, com 42 assentos.

As eleições, as primeiras desde a vitória de Bagdá sobre os extremistas islâmicos, foi celebrada sem grandes incidentes.