Trump apresentou acordo sobre ZTE ao Congresso, diz imprensa

Washington, 25 Mai 2018 (AFP) - O presidente americano, Donald Trump, anunciou ao Congresso ter chegado a um acordo para solucionar o litígio com o grupo chinês de telecomunicações ZTE, apontou nesta sexta-feira (25) o The New York Times citando uma fonte próxima ao caso.

Segundo os termos do acordo, que foi esboçado pelo presidente na terça-feira, a ZTE pagará uma multa e mudará radicalmente sua direção.

O jornal também afirma que funcionários de alto escalão americanos seriam contratados para garantir que a ZTE cumpra a legislação dos Estados Unidos.

Em contrapartida, o governo Trump levantaria sua proibição imposta em meados de abril para a venda de componentes eletrônicos dos Estados Unidos, como os microprocessadores, essenciais para a fabricação de smartphones da ZTE.

A empresa chinesa é acusada de violar compromissos do embargo comercial contra o Irã e a Coreia do Norte.

A ZTE foi multada em 2017 com 1,2 bilhão de dólares, mas no mês passado sofreu um duro golpe: Washington proibiu a companhia de exportar produtos norte-americanos, que são fundamentais para a produção da empresa.

Trump anunciou na semana passada que estudava com o presidente chinês Xi Jinping uma forma de reanimar rapidamente a ZTE.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos