PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Índia ignora sanções dos EUA contra Irã e Venezuela

28/05/2018 12h44

Nova Délhi, 28 Mai 2018 (AFP) - A Índia manterá suas trocas comerciais com Irã e Venezuela, apesar das ameaças contra suas empresas representadas pelas sanções americanas a esses dois países - declarou a ministra indiana das Relações Exteriores, Sushma Swaraj, nesta segunda-feira (28).

Interrogada sobre o assunto em uma entrevista coletiva, Swaraj respondeu que a política externa da Índia não é determinada "sob pressão de outros países".

"Acreditamos nas sanções da ONU, mas não nas sanções específicas de um país", acrescentou pouco antes de um encontro em Nova Délhi com seu homólogo iraniano, Mohamad Javad Zarif.

Tanto Irã quanto Venezuela são fornecedores de petróleo para a Índia.

Em 21 de maio, os Estados Unidos anunciaram que imporiam sanções ao Irã com o objetivo de dobrá-lo a uma lista de exigências para, então, assinar um novo acordo muito mais amplo sobre seu programa nuclear e de mísseis. Washington decidiu descumprir o acordo firmado com Teerã e outras grandes potências em 2015.

Em relação à Venezuela, Washington anunciou, também há uma semana, novas medidas para isolar ainda mais economicamente o governo do reeleito Nicolás Maduro.

Os Estados Unidos advertiram que as companhias estrangeiras que negociarem com o Irã também serão punidas.

No ano fiscal 2016-2017, as trocas comerciais entre Irã e Índia alcançaram 12,9 bilhões de dólares.

Internacional