Ministro diz que Reino Unido deve abandonar totalmente a união alfandegária europeia

Londres, 28 Mai 2018 (AFP) - O ministro das Relações Exteriores da Grã-Bretanha, Boris Johnson, insistiu nesta segunda-feira na necessidade para o Reino Unido de abandonar "totalmente" a união alfandegária europeia depois do Brexit para voltar a ser uma nação comercial em escala global.

"Agora é o nosso momento, não de ser menos europeu - nós podemos fechar um grande acordo comercial com a UE que beneficiará os dois lados - mas de sermos realmente globais de novo", escreveu Johnson em um artigo publicado pelo jornal Daily Telegraph.

O Reino Unido deve abandonar a UE em março de 2019, enquanto permanece na união alfandegária durante um período de transição até o fim de 2020, o tempo necessário para estabelecer uma nova cooperação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos