EUA pede reunião do Conselho de Segurança sobre disparo de foguetes em Israel

Nações Unidas, Estados Unidos, 29 Mai 2018 (AFP) - Os Estados Unidos solicitaram uma reunião de urgência do Conselho de Segurança depois do disparo de foguetes e morteiros contra Israel da Faixa de Gaza, anunciou nesta terça-feira (29) a missão do país na ONU.

A reunião deve acontecer na tarde de quarta-feira, de acordo com a mesma fonte.

"Os recentes ataques de Gaza são os mais significativos desde 2014. Os disparos de morteiros por parte de militantes palestinos alcançaram instalações civis, incluindo um jardim de infância", denunciou a embaixadora americana na ONU, Nikki Haley, em comunicado.

"O Conselho de Segurança deveria estar indignado e responder a este último episódio de violência dirigido contra civis israelenses inocentes", acrescentou. "Os dirigentes palestinos devem prestar contas pelo o que permitem fazer em Gaza", estimou Haley.

O exército de Israel lançou bombardeios nesta segunda-feira na Faixa de Gaza, em resposta aos disparos de projéteis contra o território israelense.

A Faixa de Gaza é epicentro de crescentes tensão desde 30 de março, quando começou "A grande marcha do retorno". Os protestos palestinos foram violentos ao longo da fronteira entre Gaza e Israel.

Pelo menos 121 palestinos morreram por disparos israelenses desde então, a maioria em distúrbios violentos ao longo da cerca de segurança de Israel.

Israel afirma que defende seus fronteiras e acusa o Hamas de se aproveitar dessa mobilização para encobrir tentativas de atacar sua fronteira.

Há mais de 10 anos o enclave está submetido a um estrito bloqueio israelense por terra, mar e ar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos