Governo do Canadá anuncia compra de controverso projeto de oleoduto

Ottawa, 29 Mai 2018 (AFP) - O governo do Canadá anunciou nesta terça-feira que investirá 3,5 bilhões de dólares na nacionalização de um controverso projeto de oleoduto até o oceano Pacífico, que sofre oposição de ativistas e autoridades de uma província canadense.

O governo se prepara para adquirir o oleoduto Trans Mountain da sociedade americana Kinder Morgan, que deve transportar 890.000 barris diários de petróleo de Alberta até a costa pacífica de Columbia Britânica, para sua posterior exportação, informou à imprensa o ministro de Finanças, Bill Morneau.

O governo liberal do primeiro-ministro Justin Trudeau prometeu nas últimas semanas indenizar Kinder Morgan pelas perdas causadas pelos atrasos e bloqueios iniciados pela província da Columbia Britânica e seu governo social-democrata.

"Esse investimento implica um preço equitativo para os canadenses e os acionistas da companhia e permitirá conduzir o projeto como se tratando se uma propriedade de uma empresa estatal", indicou o ministro em um comunicado.

"O governo do Canadá, no entanto, não pretende ser o dono do projeto a longo prazo", disse ele, acrescentando que "no momento apropriado" passará o oleoduto a novos investidores.

Desde a sua eleição há um ano, o primeiro-ministro da Columbia Britânica lançou uma guerra contra o oleoduto invocando razões ambientais em razão da multiplicação de grandes petroleiros no porto de Vancouver, onde termina o gasoduto que sai da província vizinha de Alberta; terceira reserva de petróleo no mundo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos